Projeto usa água do ar-condicionado para limpeza de escola no Tocantins
Publicado em: 02/03/2017 ás 11:09:00 Fonte: Jesana de Jesus Do G1 TO

Escola estadual em Araguaína deve reaproveitar 900 litros de água por dia.
Ideia é valorizar e economizar a água, que antes não era utilizada.

Na Escola Estadual João Alves Batista em Araguaína, norte do Tocantins, a água que sai do ar-condicionado não vai mais para o ralo. Agora, ela é reutilizada para a limpeza dos banheiros, das salas de aula e também para regar a horta e o jardim. A ideia foi desenvolvida pelos próprios servidores através do Projeto Sustentabilidade. O objetivo é reaproveitar pelo menos 900 litros de água por dia.

O projeto funciona de uma maneira simples, mas o objetivo é grandioso: valorizar um bem indispensável para a humanidade. "Instalamos uma encanação que sai do ar-condicionado e vai direto para um tambor, que armazena a água. O tambr tem uma torneira, por onde os servidores fazem a coleta da água necessária para ser usada na escola", conta o diretor da unidade, o professor Manoel Barbosa da Silva.

A ideia foi pensada no ano passado. Seis meses depois, o projeto foi colocado em prática, com recursos dos governos federal e estadual. Ao todo, são seis tambores, com capacidade para armazenar 150 litros. Inclusive, eles também são reciclados.

O diretor ainda não sabe quanto a escola vai economizar. Esse levantamento será feito no decorrer do ano. Mas, ele acredita que o projeto fará a diferença. "Nunca imaginei que um ar-condicionado produzia tanta água e que poderíamos aproveitar tanto", disse o diretor.

O projeto está sendo finalizado, mas a água já é usada nas atividades da escola. "Colocamos uma torneira no banheiro feminino de onde sai a água reutilizada. Vamos colocar também no banheiro masculino. Também vamos montar uma bomba para facilitar o manuseio da água", contou.

A escola fica no centro de Araguaína e atende de 550 a 600 alunos do 6º ao 9º ano. O próximo passo é sensibilizar os alunos da importância do projeto, principalmente neste início de ano letivo, quando são matriculados estudantes novatos. O projeto Sustentabilidade também prevê o cultivo de uma horta, que está sendo montada na unidade.

 

 

Notícias relacionadas